BRAHMA GROOVE

Brahma Groove

Professor de yoga lança CD em projeto que une cantos indianos a instrumentos e ritmos ocidentais


BRAHMA GROOVE é unidade vibratória musical transcendental. Dessa forma, o  professor de Yoga Adrian Vilas Boas define seu projeto artístico iniciado em meados de 2012: um trabalho experimental cuja espinha dorsal é fundamentada nos mantras e cantos da tradição védica, amalgamando a sonoridade da língua sânscrita a uma diversidade de ritmos, groovando em prol da conexão com nossa natureza essencial.

Dentro do universo do yoga, os cantos tradicionais, conhecidos genericamente como mantras, somados às disciplinas e técnicas do Hatha Yoga e aos ensinamentos de Vedanta, têm o propósito de capacitar o yogui para o autoconhecimento. “Explicar o valor dos cantos é relevante para o entendimento do ouvinte leigo. Para além da musicalidade em si, a atitude ao escutar e ao cantar os “mantras” pede certa compreensão do seu valor, do seu propósito, o que não invalida que pessoas que não estejam envolvidas no mundo do yoga escutem e se identifiquem simplesmente com a música”, explica Adrian.

Em novembro de 2013, o Brahma Groove foi uma das atrações do 1o Festival de Mantras, evento nacional que aconteceu no Gran Hotel Stella Mares, dentro da programação do Festival de Yoga Salvador, tendo uma excelente aceitação do público. Durante o ano de 2014, houve apresentações regulares na Casa do Sol Dourado e no espaço Yoga Santosha. Nas apresentações, o músico se junta a outros músicos yoguis, sempre adaptando a sonoridade à disponibilidade dos instrumentos presentes a cada momento, tal como a proposta dos kirtans, onde o público presente vai com a intensão de participar cantando.

Ganesha Experience – lançado em 2 de Janeiro de 2016, o primeiro CD do Brahma Groove, intitulado Ganesha Experience, foi produzido de forma independente, em home estúdio, e traz uma coletânea de cantos para Ganesha, o Senhor dos Obstáculos, o arquétipo hindu que simboliza a força da superação e transcendência.



Ganesha representa força, coragem, destemor, perseverança, sabedoria e tantos outros atributos que nos conectam com a força de superar obstáculos e dificuldades. Essa força não é algo externo, mas um poder que temos disponível para lidarmos de forma objetiva com as adversidades no nosso cotidiano e seguir em frente.

Apropriando-se dos cantos tradicionais à luz de uma musicalidade mais próxima do folk, rock, blues e afins, Adrian experimenta de maneira livre. O CD traz guitarras, harmonium, baixo, violões, saxofone e instrumentos percussivos, inclusive o berimbau, que se misturam a sonoridades tipicamente indianas. Participam do álbum alguns músicos convidados: Augusto Mascarenhas (guitarra em Ganesha Arati); Felipe Pereira (berimbau em Ganesha Arati) e Zezo Maltez (sax em Ganesha Deva).

“Nesse processo criativo, fiz uso de alguns tipos de canto como bhajans, stotrams e mantras, trabalhando essa diversidade de versos em sânscrito, a língua dos Vedas, porém, fugindo dos padrões tradicionais em relação a estética musical. Abusei das interpretações vocais, dos violões e guitarras, para construir ondas sonoras para os cantos serem expressados de forma peculiar. Além das guitarras e violões, toquei também harmonium e tambor xamânico, soltando a voz sem medo dos julgamentos, com o coração falando mais alto que as minhas limitações técnicas”, diz Adrian Vilas Boas.

O álbum de sete faixas, com aproximadamente 42 minutos, pode ser adquirido diretamente com Adrian, a um custo de R$ 10,00. Algumas faixas podem ser acessadas pela internet (https://soundcloud.com/adrian-santosha), inclusive para download. A dica de Adrian é: “ouça com o coração aberto e se permita entrar em sintonia com a paz, o amor, a devoção, a harmonia e a coragem, que pulsam em ti!”


“Nossa meta agora é tocar para o maior número de gente possível. Vamos tentar entrar em contato com diversas escolas, estúdios e centros de yoga que estiverem abertos para realizarmos apresentações para a comunidade do yoga. Mas também pensando no público em geral, queremos levar nossa música para as praças e ruas de Salvador e sentir como o público leigo reage ao nosso som”.

Om Gam Ganapataye Namah!
Harih Om!



Ouça, veja e compartilhe:

https://soundcloud.com/adrian-santosha

https://www.youtube.com/watch?v=xo8YQzYa_xA&index=1&list=PL969ptPI25VsjaUsgVfR00gS7LIiZdZ0L

ॐ ॐ ॐ ॐ ॐ ॐ ॐ ॐ ॐ

Harih Om!

Santosha é um termo sânscrito que significa "contentamento", é a capacidade de estar em paz consigo mesmo e com o mundo. Consiste em cultivar um bem-estar interior permanente, independente das circunstâncias externas. Não é resignação, mas a capacidade de adaptar-se e permanecer feliz, sejam quais forem as adversidades que estivermos atravessando. Yoga Santosha é um programa de aprofundamento em Yoga, à luz do Advaita Vedanta e do Yoga tradicional, que vem se realizando desde 2006, coordenado pelo yogi Adrian Vilas Bôas

Realizamos:


- Curso Livre de Formação em Yoga
- Turmas regulares
- Retiros de imersão
- Satsanga e kirtans
- Grupo de estudos de Vedanta
- Personal (aulas particulares)
-Turmas e vivências em condomínios, residências e empresa










:: Horários das aulas regulares ::

terças e quintas
- 08:00 às 09:15 
- 17:30 às 18:45 
- 19:00 às 20:30


Mensalidades:
1x por semana = R$ 215 
2x por semana = R$ 255
aula avulsa = R$ 60


Entre em contato para saber sobre disponibilidade de vagas nos horários, marcação de aula experimental e outras informações:

Adrian Vilas Bôas 
(71) 98804.0110 


::: Nossas aulas regulares são baseadas no Hatha Yoga tradicional, onde usamos o corpo como ferramenta para o autoconhecimento. Estas práticas compreendem os seguintes exercícios: limpeza orgânica (shatkarma), sequências de posturas (ásana), canalização de energia (mudrá), relaxamento consciente (yoganidrá), exercícios respiratórios (pranayama), meditação e mantra.



:: Curso Livre de Formação em Yoga:
A Formação em Yoga é um programa de estudo, prática e aprofundamento em autoconhecimento. O objetivo principal da formação é o crescimento interior e o amadurecimento sobre os aspectos do Yoga tradicional, e conseqüentemente, proporcionar uma base firme para aqueles que desejam se tornar instrutores. É voltado para praticantes dedicados que querem aprofundar seus conhecimentos, para aqueles que querem se reciclar e para os que desejam ensinar.

Programa

Yoga Santosha

Aprofundamento e Formação em Yoga



CURSO DE FORMAÇÃO


:: CURSO LIVRE DE FORMAÇÃO EM YOGA ::
sétima edição

O Yoga é um poderoso instrumento de crescimento e transformação pessoal que propõe um estilo de vida consciente nos direcionando a um estado natural de liberdade interior, plenitude e felicidade, através do autoconhecimento e compreensão do ser humano e da vida.





Mais do que uma formação de instrutores, esse curso é uma jornada de autoconhecimento através de um programa de prática, estudo e aprofundamento em Yoga vivenciando-o e compreendendo-o sem distorções. Os objetivos deste programa são formar yogis, capacitar instrutores e reciclar instrutores já habilitados, ampliando e aprofundando o entendimento e bases teóricas e práticas desta tradição.



O curso é livre, iniciantes e pessoas que buscam autoconhecimento interessadas no estudo da filosofia e das técnicas para uso pessoal, sem a pretensão de se tornarem instrutores, também podem participar. Não é exigido nenhum preparo físico especial, qualquer pessoa com real interesse pode participar a partir de seu próprio nível físico e respeitando seus limites.



O programa é coordenado por Adrian Vilas Bôas e eventualmente conta com a participação de renomados professores.






Os participantes receberão apostilas contendo textos e técnicas relacionados ao conteúdo do programa.

O curso requer autodisciplina, por isso deve haver muito empenho e sinceridade no desejo de aprender e de seguir as orientações do professor. O certificado de Instrutor será entregue a todos que tiverem aproveitamento satisfatório segundo avaliação do professor e que cumprirem o período de estágio, sendo exigida a frequência mínima de 80% das aulas.




Programa:
  
Técnicas e vivências: kriya (purificações orgânicas); mudra (canalização da energia); yoganidra (relaxamento consciente); pranayama (respiratórios para capitação e controle da energia vital); meditação; puja (rituais de consagração); mauna (silêncio consciente); bhuta shuddhi (purificação intensiva); bhandas e drshtis; estudo prático e detalhado dos asanas (posturas); anatomia e fisiologia aplicada ao Yoga; indicações e contraindicações terapêuticas; como evitar lesões na prática e no ensino; sankalpa (fortalecendo sua resolução interior); reeducação respiratória; pratyahara (a dieta dos sentidos); mantram, canto vêdico, kirtanam; fisiologia sutil (chakra, prana, nadis e kundalini).
    
     Ensinamentos: Conceitos e significados do Yoga; Dharma, yamas e niyamas: a ética do Yoga; Advaita Vedanta; Yoga Sutra; Tattva Bodha; Upadesha Saram; Bhagavad Gita; Upanishads; Bases e formas de Yoga; Abordagens do Hatha Yoga; Yoga na vida; Simbolismo vêdico; O propósito do Yoga e o papel do professor; Introdução ao Ayurveda; Didática no ensino de Yoga; Como construir e desenvolver uma prática pessoal; Treinamento de aulas e estágios supervisionados, com dicas para ministrar aulas e informações essenciais que todo instrutor deve conhecer para praticar e trabalhar com segurança e responsabilidade.


·       Estágio Supervisionado: O estágio, obrigatório aos que almejam certificação de instrutor, consiste em ministrar 12 aulas e escrever um relatório sobre essa experiência.

·       Estágio de observação: Nesse estágio você observará aulas, assistindo a forma como o professor atua. Serão feitos relatórios a cada aula. Esse estágio será feito nos horários de aula fora do curso.

CERTIFICADO: Será emitido um certificado do Yoga Santosha para aqueles que completarem o curso com a frequência requerida, fizerem o estágio e as aulas regulares descritos abaixo e forem aprovados nas avaliações.

FREQUÊNCIA: Será permitido faltar no máximo 20% do curso. Cada prática, estudo, treino ou atividade perdida equivale a uma falta.

AULAS REGULARES: A prática regular fora dos encontros da formação é fundamental para se adquirir um leque maior de técnicas, receber correções e vivenciar os respectivos efeitos. Sugerimos fazer em torno de duas aulas semanais.


PRÁTICA PESSOAL: Para realmente aproveitar o curso, enfatizamos a importância de você praticar sozinho todos os dias. Quando fazemos nossa prática pessoal surgem as dúvidas e os insights que vão tornar o curso mais enriquecedor, interessante e transformador.

AVALIAÇÕES:
·       apresentação de aula completa com 90 minutos.
·       questionários e trabalhos que auxiliam na assimilação da matéria e deverão ser entregues digitados na data marcada.

Pré-requisitos para participação:  ter intenção sincera, disponibilidade de praticar e estudar durante o período do curso. E, enquanto instrutor, ter a responsabilidade e respeito à tradição milenar do Yoga e o comprometimento de continuar se aprofundando no estudo e na prática.







Instrutores formados no curso de 2010


Instrutores formados no curso de 2011


Instrutores formados em 2014

turma 2015



Depoimentos dos participantes sobre o curso:

"Um mergulho na tradição; um vôo para além do convencional. O curso significou um divisor de águas com relação ao Yoga em minha vida. Posso dizer que vivo uma vida de Yoga agora, e isso para mim vale mais do que simples estudos teóricos, que sem o reconhecimento do conhecimento pelo coração, tornam-se vazios. Pude chegar a conclusões sobre a essência do Yoga, o que abriu minha visão para o significado de ser e ensinar Yoga." (Amanda Mota - turma 2010)

"Uma oportunidade de vivenciar o Yoga e o que ele pode lhe despertar. Aprendi muito, só me fez ter mais vontade de seguir em frente no caminho. Me sinto mais a vontade para dar aulas. O curso significou uma mudança ainda maior de como vejo o mundo e da significância do mundo para mim. Significou perceber quem sou com uma clareza maior. Fico muito feliz por ter participado dessa formação." (Camila Netto - turma 2010)

"Para mim foi mudanças de perspectivas e paradigmas. Foi um encontro com valores e disciplina com as quais me identifico e tentarei realizar todos os dias. No curso foram muito bons os encontros em que pudemos formar uma família, esquecer de um papel exterior, e reafirmar valores. Foi um fortalecimento de nossa busca espiritual. creio que essa herança, assim como segurança mais aprofundada ao lidar com Yoga, que nos proporcionou o maior aprendizado. Me ajudou a reencontrar, a enxergar melhor a verdade em minha vida." (Leandro Aguiar - turma 2010)


"Agradecimentos eternos pela oportunidade de ter participado da formação que, literalmente, mudou a minha vida. Mesmo que eu não recebesse o diploma de instrutora de Yoga, já estaria feliz e satisfeita em ter aprendido tanto ao longo desse um ano e meio. Todos os momentos para mim foram essenciais e relevantes para compreender que eu sou um Ser iluminado, que apenas precisava ser descoberto. Eu precisava apenas olhar para mim mesma. Nossa!!!! São tantas coisas. Tantas maravilhas no meu coração, na minha mente e no meu corpo, na minha vida. Meu dever agora é repassar todo este meu conhecimento para os meus próximos, os meus distantes e diariamente atualizar todos os yamas e nyamas para mim mesma. Gratidão!" (Jaque Almeida - turma 2011)

"Deste curso o que estou levando de mais importante é o respeito ao outro e a visão de que o verdadeiro Yoga se pratica fora da sala de aula, nas nossas ações do dia a dia. Sinto que estou realizando um sonho de ser um instrumento desta tradição." (Conceição Gouveia - turma 2011)



"Um curso transformador… me deu um novo olhar para varias situações da minha vida". (Renata Farina - turma 2014) 

"Para quem quer trilhar o caminho do autoconhecimento, esse curso é um ótimo começo". (Cris Vieira - turma 2014)


"As excelentes práticas, o conhecimento vasto do professor e sua vivência profunda no yoga. É generoso ao passar pra frente tudo que sabe e cuidadoso com as técnicas e conceitos ensinados. O conhecimento é passado com honestidade, visão crítica e aplicação prática para a vida. Mais do que um professor, encontramos um amigo que ajuda a abrir portas para os que têm o desejo sincero de aprofundar e passar o yoga adiante. Me sinto hoje com um yoga mais verdadeiro, mais profundo e acho que estou mais consciente da importância do Yoga em minha vida. Me sinto preparada para ministrar aulas". (Luzia Luna - turma 2015)
"A proposta do curso é fantástica! As apostilas são bem elaboradas e o encadeamento dos módulos foi perfeito, partindo dos conceitos de Hatha Yoga, passando pelas práticas até os ensinamentos de Vedanta. Destaco a forma como foi abordado em profundidade os shatkarmas, asanas, mantras e meditação. Além disso, a postura do professor me ensinou bastante e me fez refletir sobre as minhas práticas de ensino na universidade. A autoridade que Adrian assume no seu papel de professor é legitima e bastante pertinente. Yoga não é asana, é um estilo de vida. Eu não tenho dúvida que sou um outra pessoa e que a minha perspectiva frente a minha vida mudou radicalmente, após o curso. Mudou totalmente a minha visão de mundo. Alguns dos meus amigos já me disseram que eu sou outra pessoa. Uma amiga me disse que eu mudei e que a minha mudança estava afetando positivamente as pessoas que convivem comigo. Devo isso a minha prática e a este curso". (Rosana Aquino - turma 2015)

"O curso contribuiu muito para o meu crescimento, amadurecimento, ganho de segurança, compreensão do Yoga/Vedanta e prática/vivência pessoal, e sou muito grato por tudo isso." (Augusto Mascarenhas - turma 2015)

"Me trouxe mais discernimento para me perceber, perceber os outros e as situações e lidar com elas. Significou uma nova etapa em minha vida, uma mudança presente, não futura. Estar e viver o presente sem tantas suposições sobre as coisas. Gratidão, Adrian, pelos ensinamentos, incentivo, e por proporcionar a oportunidade do Yoga a mim e a tantas pessoas!" (Fátima Wachowicz - turma 2014/2015)


Entre em contato para receber informações sobre os próximos cursos.

Informações e inscrições:
yogasantosha@gmail.com (71) 8804.0110







O propósito do Yoga


Obter saúde, respirar melhor, relaxar, combater o estresse, e entrar em forma são apenas conseqüências naturais da prática do Hatha Yoga, mas nenhum desses resultados é a sua meta. A prática do Yoga deve ser entendida como um caminho para o autoconhecimento: o conhecimento sobre si mesmo, o entendimento e a percepção do Ser que realmente somos. Esse Ser, nossa verdadeira e essencial natureza, é plenitude, felicidade, harmonia e paz. O Yoga não nos transforma neste Ser, apenas nos ensina a reconhecer esse Ser que inevitavelmente já somos. O objetivo do Yoga é moksha, a liberdade. O autoconhecimento (Brahmavidya) é a chave para nos libertar do sofrimento que a ignorância (avidya) sobre quem realmente somos nos faz sentir.


Todo tipo de sofrimento que sentimos (medo, raiva, insuficiência, tristeza, insatisfação, carência, etc.) é fruto dessa ignorância. O autoconhecimento nos liberta dos condicionamentos que nos amarra a desejos, pensamentos, palavras e ações reativas.


O Yoga nos ensina a agir deliberadamente, de acordo com os valores universais, escolhendo nossas ações com a consciência do que é adequado e que deve ser feito (dharma), sem sermos escravos dos impulsos automáticos das emoções, dos nossos gostos e aversões.


Aprendemos a agir com habilidade e atenção, fazendo aquilo que tem que ser feito da melhor forma possível, desapegando-se dos resultados e entregando os frutos das nossas ações. Aprendemos a viver uma vida mais tranqüila, feliz, consciente e deliberada. A iluminação é o reconhecimento. É nos reconhecermos como o Ser (brahman). O estado de Yoga é o estado natural do Ser.

Enquanto yogis no caminho de auto-realização entramos e saímos deste estado. Assim é dito no velho e sempre atual texto da Katha Upanishad: “Quando os cinco sentidos e a mente estão parados, e a própria razão descansa em silêncio, começa o caminho supremo. Esta firmeza calma dos sentidos chama-se Yoga. Mas deve-se estar atento, pois o Yoga vem e vai”.
Digo que é relativamente fácil vivenciarmos este estado durante a meditação, em cima do tapetinho, ou quando contemplamos a natureza; difícil é permanecer neste estado no cotidiano, nas relações que temos que viver na sociedade, no cumprimento das nossas responsabilidades (vyavahara).

O verdadeiro sadhana (prática) é quando procuramos aplicar na vida aquilo que estudamos e aprendemos em sala, em cima do tapetinho. Nosso desafio como yogi sincero é refletir a atitude de Yoga em cada coisa que fazemos, a cada segundo que vivemos. Do contrário, continuaremos sendo os mesmos tolos de sempre, longe da auto-realização.

Ao assumirmos a ocupação de instrutor de Yoga não significa que já somos sábios realizados. Ensinando aos outros também estamos repetindo para nós mesmos o ensinamento, pois precisamos estar ouvindo e lembrando sempre, nos mantendo no trilho da senda, e assim nos tornamos um meio de transmissão desta tradição (parampara). Espera-se do instrutor que passemos adiante o ensinamento sem distorções, com coerência, honestidade, clareza e sinceridade. O dharma do professor é buscar sua realização e ajudar os outros a se realizarem.

Nós yogis, inclusive professores, não somos santos, nem pessoas perfeitas. Temos defeitos e erramos como qualquer ser humano, mas podemos despertar em nós o que temos de melhor e de mais útil aos outros e ao todo. Igualmente, cultivamos nos nossos alunos o que eles têm de mais sublime para oferecer ao bem comum, sendo esse um dos nossos papeis.
Harih Om!
OM TAT SAT !
Adrian Vilas Bôas
“Om. Que nós dois (o que transmite o ensinamento e o que escuta) estejamos unidos, protegidos e nutridos. Que estejamos felizes, saudáveis e fortes. Que trabalhemos juntos com vigor em prol do bem comum e que progridamos juntos. Que nosso estudo e nossa prática nos ilumine; que nosso conhecimento seja realizador. Que nunca haja inimizade entre nós, que nunca nos desentendamos. Que haja paz plena.”

Adrian Vilas Bôas 
Desde 2002 estuda e pratica Yoga em profundidade com professores renomados internacionalmente, dos quais destaca a formação com Pedro Kupfer e o estudo de Vedanta com Glória Arieira e Jonas Masetti, cujos ensinamentos alicerçam sua prática pessoal e a forma como transmite Yoga. Em 2004, renuncia a carreira de arquiteto para se dedicar ao dharma de ensinar Yoga. Em 2006, inaugura o programa Yoga Santosha, ministrando aulas regulares, cursos de formação de instrutores, vivências, retiros de imersão e difusão dos mantras e cantos hindus. Em 2012 viaja a India vivenciando a cultura hindu dentro do berço do Yoga. Ensina Yoga sob a luz da tradição de Advaita Vedanta, ministrando as técnicas do Hatha Yoga Tradicional de acordo com o ensinamento dos textos antigos. É professor nacionalmente reconhecido e editou a revista Yogizine. Casado, pai de uma linda garota, vive com sua família em Salvador-BA, onde vem trabalhando a realização do seu propósito de viver a felicidade, de se expressar através da música, de tocar o coração do outro e de inspirar a visão daquilo que somos.




O Yoga é ao mesmo tempo uma filosofia de vida, um sistema completo de desenvolvimento pessoal, que inclui uma ética existencial, uma solução para a ecologia sócio-ambiental, uma proposta para o desenvolvimento da saúde plena e uma chave para vivermos em estado de santosha, feliz da vida, realizando a totalidade do potencial humano.

Y o g a S a n t o s h a

:: programa de aprofundamento em Yoga ::

~ desde 2006 ~

Endereço:

Rua Flórida, n° 85 - sala 08 - Graça

Salvador - Bahia - Brasil



yogasantosha@gmail.com

(71) 98804.0110







ॐ OM GAM GANAPATAYE NAMAH ॐ